Academia da Cachaça, da boa comida e da gastança

Academia da Cachaça, da boa comida e da gastança

Do Rio de janeiro:

O retorno a este clássico bar depois de muito tempo foi uma boa oportunidade para degustar uma das dezenas de rótulos de cachaça no cardápio. Meu amigo Xaxá ficou na mineira Germana (R$ 7,30) e eu solicitei uma Serra Limpa (R$ 6,80) – marca paraibana que conheci em minhas incursões pelo nordeste ano retrasado. Cachaça não é água não, é ouro e há tempos deixou de ser coisa barata. Existe certo preconceito com os rótulos nordestinos, por muitos considerados de menor valor. O que é uma grandessíssima balela. A culpa é certamente pela região produzir, também, algumas famosas pingas de baixa qualidade em escala industrial. Não podemos confundir essas marcas industriais com a produção artesanal de alguns estados como a Paraíba – que tem boas cachaças.

Para acompanhar a branquinha – servida naquele charmoso mini copo da casa – pedi um Caldinho de Feijão Incrementado (R$ 9,50). É verdade que o preço é quase o de uma boa feijoada em um boteco, mas o caldinho da Academia merece atenção: É delicioso e o feijão muito bem temperado. E feijão bem temperado é sempre um bom sinal. Se um copo com caldo de feijão e torresmo vale R$ 9,50, mesmo sendo muito bom, eu não sei. As meninas chegaram e nós seguimos com o nosso petiscar, com cuidado para não nos queimar.

Academia da Cachaca, Leblon, comida carioca, botequim (4)

O caldinho de feijão é caro, mas muito bem temperado

Academia da Cachaca, Leblon, comida carioca, botequim (5)

A boa cachaça Serra Limpa

Fiquei apenas em uma cachaça. O Xaxá foi mais longe, mas ele é profissional. Eu voltei para a minha bebida de sempre, a cerveja. A casa oferta a Original em garrafa (R$ 6,90). Minha esposa me acompanhou na cerveja e dividimos uma Empada de Coalho com Alecrim (R$ 6,50), simplesmente fantástica! Difere-se bem das empadas que encontramos por ai pelo Rio.

A massa é mais fina, bem leve, o tamanho da unidade é um pouco maior e o sabor se aproxima o de uma quiche. Achei uma das poucas coisas com o valor justo na casa. Depois verifiquei que esta entrada foi vencedora do Comida di Buteco de 2009. Fernanda explorou um pouco as boas capirinhas do local e solicitou uma de abacaxi com vodka nacional (R$ 11,90). É bom reforçar o “nacional” na hora de pedir, pois a caipi com vodka importada sai a R$ 17,90. Com três pedidos já dá para comprar uma garrafa de Absolut. A caipirinha de abacaxi com cachaça sai a 8,90.

Se o preço da empada foi justo, não posso dizer o mesmo do Escondidinho Light (com recheio de brócolis, cenoura e acelga orgânicos, purê de aipim e requeijão light gratinado) também pedido pela Silvia. É realmente delicioso, no entanto um pequeno pote não vale R$ 20,50. Ai está o grande problema da Academia da Cachaça, a relação preço x tamanho das porções é demasiada distorcida.

Academia da Cachaca, Leblon, comida carioca, botequim (6)

As empadas foram os destaques da noite

Academia da Cachaca, Leblon, comida carioca, botequim (2)

A empada de camarão é a melhor do Rio

A velha equação dos bares cariocas de que no prato de um comem dois, na cachaçaria do Leblon é: no prato de um só come um mesmo e olhe lá. Eles abusam de nossa disposição, e condição, de gastar. Mas, fazer o que, as pessoas gastam mesmo assim. Afinal de contas, a comida no bar é excelente. Gostaria de poder gastar sem preocupação com o fim do mês para ter o prazer de me esbaldar por lá, mas não posso. Sou apenas um rapaz carioca de classe média.

Eu e Xaxá decidimos dividir uma Carne de Charque (carne seca como é conhecida no Rio) com farofa e manteiga. A porção saiu a R$ 32,50. Não tenho o que falar da carne em si, maravilhosa e desfiada com um esmero impressionante. Não há igual em terras cariocas. O tamanho fica no limite do aceitável. Se considerarmos que em qualquer rede de botecos o prato não sai por menos de R$ 40,00 para uma carne seca razoável e não tão bem tratada (apesar de substancialmente maior), a opção da Academia da Cachaça vale a pena.

É claro que é difícil se satisfazer com as porções tão contidas da casa. Por isso mesmo, papo vem, papo vai, determinada hora tive que solicitar mais uma comidinha. Voltei às empadas, que me vieram com um custo beneficio bom. Dessa vez pedi a de camarão (R$ 6,80). Já não me cabem mais adjetivos positivos. Terei de repetir o “fantástico!”. Tenho de dizer, aquela empada redefine o conceito de empadas e põe a iguaria num outro nível para mim.

Academia da Cachaca, Leblon, comida carioca, botequim (8)

A Carne de Charque é desfiada com esmero

Academia da Cachaca, Leblon, comida carioca, botequim (7)

O pote de farofa poderia ser maior…

Apesar de uma falta de equilíbrio entre preço e tamanho das porções, ainda considero a Academia um dos melhores bares do Rio. Oferece uma culinária carioca respeitável, tem caipirinhas excelentes, além do extenso cardápio de cachaças. Senti um pouco a falta da época em que eles ofertavam algumas ótimas opções de caldinho (além do de feijão) como de Pirarucu e Piranha.

Aberta em 1985 e com uma filial no clássico Condado dos Cascais na Barra da Tijuca, a casa do Leblon melhorou significativamente com a expansão do espaço ocorrida em 2006 – com a compra do bar ao lado, o antigo Na Pressão (sobre o fechamento deste último, segundo a boa definição do Xaxá, foi um grande bem para a cidade). Se já é difícil encontrar uma mesa por lá com o tanto de espaço que se tem hoje, imagina quando a Academia era apenas uma pequena loja. Missão quase impossível.

Academia da Cachaça (Leblon)

Endereço: Rua Conde Bernadotte, 26. A filial da Barra fica no Cond. Condado de Cascais. Av. Armando Lombardi, 800, Loja 65- L

Contatos: Leblon (21) 2529-2680 / (21) 2239-1542 / Barra (21) 2492-1159 (21) 24937956 / contato@academiadacachaca.com.br

Para saber mais: www.academiadacachaca.com.br