Mercearia São Pedro

Mercearia São Pedro

De São Paulo:

Apesar de termos acordado as cinco da matina aquele dia, logo que largamos as malas em sua casa, foi só o tempo de eu tomar uma ducha para nós já pegarmos o caminho da rua novamente. Eu ansiava por uma cerveja gelada. Pois pertinho da casa do Thiago fica a famosa Mercearia São Pedro, núcleo de uma rapaziada intelectualizada e que vive lotada de gente em busca de bom papo e petiscos baratos. Nem senti o sobe e desce das ladeiras da Vila e logo estávamos lá. Liguei para outro amigo, o Pedro, para completar a nossa mesa junto ainda a esposa de Thiago, minha amiga Érica.

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (7)

O balcão de madeira na área interna da casa

Arrumar mesa é missão difícil por ali. Chegamos cedo (antes das dezenove) e descolamos somente um aperto junto à calçada, num frio de doer os ossos (na escala de frio de um carioca). É claro que independente da temperatura, a boa cerveja de brasileiro tem de ser gelada como manda o gosto popular – eu incluso. A clientela senta junto às mesas dispostas na grande varanda, ou no cantinho da calçada (quando a prefeitura não está de vigília). Há alguns bancos no balcão de madeira na parte interna do bar.

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (10)

Os clientes gostam de se sentar na grande varanda

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (11)

Varais com fotos, poesias e mensagem completam a decoração da casa

A casa é um misto de mercearia e sebo de livros e virou um ponto de encontro para os apreciadores de literatura e poesia e de cinema (já que no meio da bagunça também há uma locadora de filmes). Apesar de a função de bar e sebo ter tomado boa parcela do espaço original do velho armazém, no meio das estantes de livro ainda é possível esbarrar com uma área dedicada aos produtos alimentícios e de limpeza. Você poderá encontrar catchup, latas de creme de leite, leite de coco e molho de carne, não muito distantes das peças literárias e vídeos.

O local nasceu como uma casa de secos e molhados há mais de quarenta anos, comandada pelo descendente de sírios, Pedro Benuthe. Até hoje o estabelecimento está nas mãos da mesma família. A função de bar ganhou forma nos anos setenta, após a compra do endereço vizinho – quando surgiram o balcão e o forno. Mas somente tempos depois, já nos anos noventa, o lugar foi adotado por professores, jornalistas, produtores e outros profissionais liberais e intelectuais que começaram a dominar a cena. Aos poucos o espaço foi sendo transformado no que é hoje, um lugar caoticamente interessante e cheio de personalidade. Melhor de tudo: serve uma cerveja impecavelmente gelada e tem boa comida.

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (2)

O pernil aguarda os pedidos no forno da Mercearia. A carne…

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (8)

…merece todos os elogios. Muito bem temperada e servida

Eu dei uma espiada no forno e foi impossível não reparar numa grande e apetitosa peça de pernil que aguardava para ser pedida pelos clientes. Aí está o meu jantar, pensei. A intenção era esticar mais um pouco a prosa antes de comer, mas alertado pelo Pedro de que por ali é melhor reservar a comida, antes que ela acabe, não dei chance ao azar e solicitei uma porção da carne de porco.

Neste ínterim também vi um garçom cruzar o salão com uma travessa de metal cheia de pastéis. Conforme ele ia circulando as mesas, a travessa se esvaziava a uma velocidade incrível. A cada noite há apenas uma leva de pastel como aquela (só para deixar o pessoal na vontade), por isso, quem não garante o seu – babau. Puxamos o rapaz que carregava a mercadoria para o nosso lado e ajudamos a acabar com a travessa pedindo logo uns quatro pastéis (de queijo e de carne). Lembrou-me muito um pastel de feira de rua. Não achei nada extraordinário, mas também não desgostei. O de carne estava melhor (adoro pastel de carne moída).

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (6)

A função de sebo de livros e locadora…

Mercearia Sao Pedro, Vila Madalena, boteco, comida de boteco, botequim tradicional, mercearia (9)

…não ocupou de todo o velho secos e molhados

Logo em seguida chegou à porção de pernil com uma cesta de pães. As tiras da carne de porco desmanchavam de tão úmidas e macias. Com o resto de molho na bandeja o pernil ficou simplesmente fantástico no pão de acompanhamento. Não fiquei surpreso ao saber que aquele (junto com a carne assada) era o grande pedido da casa. Um pernil de respeito, muito bem temperado e preparado. Merece meus elogios e vale o retorno. A Mercearia São Pedro, sem dúvida, é um desses lugares que vale adotar – se você conseguir arrumar um lugar para sentar.

Após o pernil e algumas cervejas eu e Thiago nos demos por satisfeitos (meu amigo, alias, estava mais na cachaça. Não posso deixar de citar que a Mercearia tem um ótimo cardápio de cachaças).

 Mercearia São Pedro

Funciona de segunda a sexta das 09h à 01h. Sábado das 10h à 01h. Domingo das 11h às 18h.

Aceita cartões de crédito e débito.

Endereço: Rua Rodesia, 34 – Pinheiros / Vila Madalena. São Paulo (SP)

Contatos: (011) 3815-7200