Bar do Arnaudo, o nordestino de Santa Teresa

Bar do Arnaudo, o nordestino de Santa Teresa

Do Rio de Janeiro

O Bar do Arnaudo, em de Santa Teresa, é para mim um destes casos inexplicáveis de lugares que gostamos, mas nunca frequentamos tanto assim. Quando estou no Rio é praticamente impossível eu não gastar as pernas subindo as ladeiras de Santa, pois a região é uma das minhas prediletas na cidade. Acho que a minha não frequência passa mais pela concorrência. Sim, perto desta casa estão alguns dos meus bares cariocas prediletos como a Adega do Pimenta, o Armazém São Thiago (Bar do Gomes) e o Bar do Mineiro.

É sempre um desafio decidir em qual deles ir e o Bar do Arnaudo acabava sempre sobrando nas paradas. Não porque o avalie como pior entre os quatro citados, talvez seja simplesmente o costume. O hábito. Isto é uma falha enorme com este que é um restaurante nordestino super tradicional do bairro, inaugurado em 1970, e que reúne uma legião de fãs entre brasileiros e a gringalhada que visita as terras da Guanabara.

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (6)

Uma coleção de quadros do chileno-carioca Selarón se destacam no modesto salão da casa

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (4)

Entre outros itens que compõe a decoração se incluem cestas, cabaças, moringas…

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (4)

…e uma grande quantidade de garrafas de cachaça, dispostas sobre estantes no alto da parede

Bom, no final de 2011, então, decidi dedicar uma tarde de sábado para me reconciliar com o Arnaudo. Um agradável almoço na companhia da Silvia e do amigo Guguta – que apesar de ter mudado para Botafogo recentemente, no inconsciente coletivo da minha galera segue sendo um eterno morador de Santa, onde cresceu.

O que dizer de um lugar que serve uma comida honesta, gostosa, por preços justos, tem uma ótima seleção de cachaças e a cerveja vem para a mesa estupidamente gelada? Acho que já contei o resultado de minha passagem por lá. Não há novidade: o Arnaudo agrada, não custa um absurdo e se não é a melhor casa nordestina do Rio, certamente é uma das mais charmosas e simpáticas.

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (1)

A porta de madeira em estilo faroeste estadunidense é uma marca registrada do restaurante

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (7)

Começamos com uma grande e boa porção de queijo coalho

No modesto salão o destaque fica por conta da coleção de quadros do Selarón, pintor chileno-carioca e figura folclórica da Lapa. Por cima das nossas cabeças diversas prateleiras exibem uma grande coleção de garrafas de aguardente – algumas ótimas. Objetos como cestas, cabaças, instrumentos, miniatura de bondes (que nunca podem faltar num bar de Santa) e moringas terminam de enfeitar as paredes brancas. A marca do lugar, no entanto, são as portas em madeira como de filmes de faroeste estadunidense.

O carro chefe do cardápio é a carne de sol, servida com diferentes acompanhamentos, sempre numa faixa de preço de R$ 34,00 – para uma porção que dá tranquilamente a três pessoas. O menu, porém, contempla outras tentações como carne seca – mais para a gastronomia carioca – e o baiano sarapatel. De entrada há linguiça, queijo coalho, macaxeira e caldinho de feijão de corda.

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (10)

Como prato principal: carne de Sol com Abóbora, Arroz, Feijão de Corda e Farofa de Abóbora…

Bar do Arnaudo, Santa Teresa, comida nordestina, Rio de Janeiro (9)

A porção alimenta três pessoas tranquilamente, sem exageros. Comida boa e por um preço justo

Para agradar a todos os paladares solicitamos Carne de Sol com Abóbora, Arroz, Feijão de Corda e Farofa de Abóbora. Antes, abrindo os trabalhos, uma porção de um bom queijo coalho. Um detalhe importante de nossa escala por lá é que chegamos um pouco além da hora do almoço, para o final da tarde e, portanto, evitamos as filas (principalmente de gringos) muito comuns nos finais de semana – diga-se de passagem, fila é um troço cada vez mais comum em todos os bares do bairro.

Com a casa mais vazia àquela hora o atendimento também estava muito ligeiro e a comida logo veio para a mesa. Junto com os pratos foi oferecida também uma pimentinha que tava muito boa! Como disse há uns quatro parágrafos atrás, a opção não teve erro. Singela e honesta, ela agradou a todos. No final ficamos satisfeitos com o sabor e a quantidade servida – sem exageros. É claro que não dispensei uma cachaça Rainha após o rango para ajudar na digestão.

Bar do Arnaudo

Funciona de segunda a sexta do meio-dia às 23h. Sábado e domingo até as 20h.

Rua Almirante Alexandrino, 316, loja B – Santa Teresa. Rio de Janeiro (RJ).

Contatos: (21) 2210-0817 / bardoarnaudo@gmail.com

Aceita cartões de crédito e débito.