Izakaya Matsu

Izakaya Matsu

De São Paulo:

Sou um grande fã do Izakaya Issa, na Liberdade (que considero um dos melhores de Sampa). O já tradicional bar deu origem a este, digamos, irmão menor em Pinheiros. Era natural que eu estivesse tão ansioso para conhecer, portanto, o novo endereço da Avenida Pedroso de Moraes.

Os estilos são parecidos, seguindo o clima de um izakaya – o que seria no Japão o equivalente a um botequim, mas eu não gosto muito desta simplória analogia, pois do mesmo modo é como comparar um pub a um boteco. O que se pode ter em comum é que o izakaya é um local para beber (no caso, saquês e shochus) e beliscar porções por preços mais acessíveis, num clima um pouco mais informal que num restaurante.

Existem algumas diferenças entre o izakaya de Pinheiros e da Liberdade: O Issa é maior, com mais mesas. A cozinha fica separada do ambiente principal e o balcão dá destaque as diversas garrafas de saquês e aguardente shochu disponíveis. A decoração é mais cheia de detalhes e uma pequena vitrine exibe os otoshis (entradas) a disposição no dia.

Izakaya Matsu, restaurante japones, Pinheiros, Sao PauloO pequeno ambiente é dominado pelo balcão comprido de frente para as grelhas

No Matsu o pequeno ambiente é dominado pelo balcão comprido de frente para as grelhas. A decoração é mais limpa e moderna. Há apenas uma mesa logo na entrada. Ao contrário do Issa, o Matsu abre no horário do almoço, talvez aproveitando o perfil do bairro, com muitos escritórios ao redor.

O cardápio de Pinheiros contempla muitos dos pratos do Issa. Fazem falta os deliciosos Takoyakis (bolinhos de polvo) servidos na Liberdade. Por outro lado, na Avenida Pedroso de Moraes é possível apreciar alguns pratos típicos incluídos a partir das pesquisas dos donos no país asiático. É o caso dos hambúrgueres sem pão (Hambagu ou hambagoo), que fazem parte do que no Japão é conhecido como culinária Yoshoku – na qual podemos incluir também o Tonkatsu (porco à milanesa frito).

O interessante sobre os pratos Yoshoku (que quer dizer “comida ocidental”) é que foram baseados originalmente em receitas ocidentais totalmente adaptadas para o gosto japonês ao longo do século XX, ao ponto que se tornaram pratos essencialmente japoneses – e alguns pouco conhecidos no ocidente como é o caso do Hambagu.

Izakaya Matsu, restaurante japones, Pinheiros, Sao Paulo 3Teishoku do dia: anchova grelhada, otoshis, arroz, missoshiru e uma sobremesa

Outra novidade do Matsu são os teishokus do almoço (que saem em média R$ 35,00). É ofertada apenas uma opção de Teishoku por dia e apenas 25 porções! Isso mesmo, se não chegar cedo acaba. A cada semana o cardápio varia (é possível se informar na page do bar no Facebook).

Escolhi a dedo o dia do Teishoku com anchova grelhada, que eu adoro. O prato executivo vem com otoshis (entradinhas), arroz, missoshiru e uma sobremesa – além do peixe, que estava realmente muito bem feito.

O Matsu chega em Pinheiros com concorrentes de peso como os izakayas Sanpo e Minato e ainda fica ao lado de outro tradicional restaurante japonês da região, o Hamatyo. É mais uma ótima opção para felicidade dos moradores do bairro, como eu.

Agora preciso retornar à noite, para explorar outras opções do cardápio.

Izakaya Matsu

Funciona de segunda a sábado das 11h30m às 14h30m e das 18h30m às 23h30m

Endereço: Avenida Pedroso de Morais, 403 – Pinheiros.

Contatos: (11) 3812-9439

Para saber mais: facebook.com/izakayamatsu