OpyCo Cozinha Urbana e criativa

OpyCo Cozinha Urbana e criativa

De São Paulo:

A intenção por ali não é seguir um padrão entrada, prato principal com acompanhamento e sobremesa. Comece por onde te der na telha e monte seus pedidos do jeito que acha mais apetitoso.

Tudo pode ser remanejado, recriado e testado na cozinha urbana e criativa do bar-restaurante comandado pelo chef Piero Franchini. O mesmo ocorre com o ambiente: cada vez que se vai lá é provável que os móveis (balcões e mesas) estejam arrumados de um jeito distinto.

O astral descontraído do local faz com que, de cara, nos sintamos entre amigos. A equipe é muito simpática e os clientes já chegam trocando uma prosa uns com os outros. Fui sozinho para um almoço de sábado, mas acabei encontrando um camarada meu e sentei numa mesa com um grupo de amigos – o que foi ótimo também para poder explorar mais itens.

Opyco, Vila Romana

Diferente, moderno e criativo na cozinha e no salão

Na maioria dos casos os comes me agradaram bastante. Particularmente destacaria o Polvo Grelhado – que não sai do menu, conforme me revelou o chef Piero, justamente por ter virado um dos queridinhos da clientela (merece ficar mesmo, pois é muito bom).

O polvo é servido em duas versões: o Taquara, um tentáculo com papas arrugadas; e o Tarantola, dois tentáculos temperados com azeite e acompanhados de molho de tomate defumado e salada.

Opyco, polvo grelhado

Polvo Grelhado com papas arrugadas: uma das grandes pedidas do restaurante

Opyco, polvilho

Folha de polvilho com massa preparada com salame no couvert

Fiquei fascinado, igualmente, pela folha de polvilho com massa preparada com salame.  O troço é servido no couvert como uma grande placa crocante e deliciosa, junto com manteiga e uns pães saborosos. É indispensável para se iniciar qualquer passagem por lá. Dá vontade de repetir aquele croc-croc indefinidamente.

Minha vida também nunca mais será a mesma depois que provei o Ovo OpyCo. É totalmente diferente de tudo que conhecia em termos de servir um ovo de galinha. A clara é pasteurizada com polvilho doce ganhando um aspecto de casca crocante. No centro desta casca de clara é colocada a gema, que tem uma textura macia, mole, mas que não se esparrama.

Opyco, ovo com clara crocante

O Ovo OpyCo é diferente de tudo que conhecia em termos de servir um ovo de galinha

Franchini me explicou que criou o prato sem um manual de instrução de como devorá-lo. Assim, a gente se pega sem saber por onde começar. Fui mordendo pelas beiradas crocantes até atingir a gema amarela no centro. Uma brincadeira muito gostosa.

A Linguiça Opyco (R$ 25,00 e R$ 15,00 a mini) – preparada com um misto de cortes suínos, funcho, pimenta do reino e outras especiarias – também vale uma citação aqui: o embutido ignora o formato tradicional e é servido de forma achatada. Delicioso de todo jeito.

Opyco, linguica artesanal

Linguiça Opyco, feita com um misto de cortes suínos, é servida de forma achatada

Apenas um ou outro item não me despertaram tanta atenção, como o Acém. Divulgado como sendo preparado ao longo de 200 horas (7 dias de marina e 25 horas de cozimento e mais 7 de defumação) cria muita expectativa com a propaganda para um prato que é interessante, mas não espetacular.

Opyco, Acem

Acém preparado ao longo de 200 horas: interessante, mas não espetacular

Eu curti o lance de darem a opção de se pedir uma versão diminuta de diversas pedidas. Ainda acho, no entanto, que os preços das versões mini merecem uma melhor equalização. É o caso da versão mini da Alheira OpyCo, uma porção de cinco pequeninos croquetes.  Os R$ 18,00 cobrados me pareceram um pouco caro (mas que estava gostoso, estava). No caso da Alheira vá direto na tradicional, servida dentro de um embrulho de papel pardo.

Opyco, croquete de alheira

Versão mini da Alheira OpyCo: gostosa, mas os R$ 18,00 cobrados me pareceram um pouco caro

Opyco, garrafa dagua

Água filtrada de graça na charmosa garrafinha
Opyco, cerveja Preguica, witbier
Preguiça Witbier da Mea Culpa. Cardápio de cervejas artesanais

Por outro lado, o cardápio com os preços na internet e a água filtrada de graça são pequenas ações em favor do cliente que sempre merecem meus elogios.

Para os bebedores há opção de caipirinhas (Urbaninha) e também algumas brejas artesanais. Dei sorte de pegar uma promoção da Preguiça Witbier da cervejaria Mea Culpa – muito boa. Para quem quer uma cerveja de cruzeiro, há opção de Original 600ml e Heinekein long neck.

Vale para quem:

  • curte o estilo de bar-restaurante moderninho
  • está na região da Lapa/Vila Romana e procura um restaurante para almoçar no sábado
  • apoia lugares que servem água filtrada de graça
  • gosta do esquema de beliscar e de diferentes opções de acompanhamento ao invés de pratos fechados
  • procura um lugar para jantar a dois ou em grupo de até 6 pessoas
  • gosta de cervejas artesanais
  • busca um bar descontraído com clima família bom para ir também com crianças no almoço ou jantar

OpyCo Cozinha Urbana

Funcionam de terça a quinta das 19h as 00h. Sextas e sábados das 12h às 15h30m e das 19h às 00h.

Endereço: Rua Mariquita de Toledo Cesar, 20 – Vila Romana. São Paulo (SP)

Contatos: (11) 2389-9455 / (11) 953-448-762 / opy@opynacozinha.com.br

Para saber mais:

instagram: @OPYCO

facebook.com/opynacozinha

opyco.com.br