Barú Marisqueria

Barú Marisqueria

De São Paulo:

No seu Barú Marisqueria o chef colombiano Dagoberto Torres, com passagem bem-sucedida pelo Suri, em Pinheiros, aperfeiçoou mais as suas receitas de inspiração latina e com foco nas coisas do mar.

O cardápio explora crustáceos, moluscos e peixes. A ideia é permitir que os clientes circulem e compartilhem diferentes opções, quase como uma casa de tapas. O frescor e qualidade dos produtos impressiona.

Eu destaco particularmente a parte dedicada aos preparos na grelha a carvão. A porção de Lula preparada na brasa e servida com salsa criolla (R$ 38,00) é espetacular. Da brasa, também me deliciei com o Polvo com Salsa de Chiles Secos e Vegetais (Pulpo Palaviccini R$ 36,00).

Lula preparada na brasa e servida com salsa criolla
Polvo com Salsa de Chiles Secos e Vegetais

Tudo o que pedi estava bom. Comparti ainda com minha mãe (que me acompanhava no dia) um Salteado de Lula com Feijão Manteiguinha, Bacon e Salsa de Chile Verde (R$ 40,00); e uma Caldeirada de Lagostim com Quiabo (R$ 52,00).

Fazendo as vezes da sobremesa, fechei a ótima experiência com um Coquetel de Mariscos de inspiração mexicana (R$ 34,00), potente e saboroso.

Salteado de Lula com Feijão Manteiguinha
Caldeirada de Lagostim com Quiabo
Coquetel de Mariscos de inspiração mexicana

O ambiente interno do restaurante é bem pequeno, com apenas 21 lugares. Eu particularmente curti mais ficar do lado de fora, na área de passagem da Vila Augusta, bastante aprazível.

Durante a noite os clientes costumam também ficar em pé junto ao janelão da parte externa que dá para cozinha tomando drinques – que são outro destaque da casa, mas não cheguei a provar nenhum.

Como sugestão de melhorias eu acho que eles poderiam apenas tentar disponibilizar um banheiro que não fosse no segundo andar – para facilitar a vida de quem tem dificuldades de locomoção. Além disso senti falta de mais opções de cerveja, apesar de compreender que não seja muito o foco de lá.

O ambiente interno comporta apenas 21 lugares
A área externa dando para passagem da Vila Augusta
Janelão onde os clientes gostam de beber drinques

No mais, o Barú sem dúvida é um destino relevante em Sampa para quem gosta, como eu, de peixes e frutos do mar. Escolham, no entanto, um dia em que não precisem economizar, porque o lance de ficar beliscando diferentes porções não sai necessariamente barato, porém vale realmente a pena.

Vale para quem:

  • gosta de peixes e frutos do mar
  • busca um lugar para comer frutos do mar frescos em São Paulo
  • está em grupos de no mínimo dois e no máximo quatro pessoas
  • procura um local para compartilhar porções, como um bar de tapas
  • não precisa economizar
  • curte drinques

Barú Marisquería

Funcionam de terça à sexta das 12h às 15h e das 19h às 23h. Sábado das 13h às 16h30m e das 20h às 23h. Domingo das 13h às 16h30m.

Endereço: Rua Augusta, 2542

Contatos: (11) 3062-0898 / contato@barumarisqueria.com

Para saber mais:

instagram.com/barumarisqueria

barumarisqueria.com