El Pampero

El Pampero

De São Paulo:

A pequena e simpática parrilla mescla influências uruguaias, argentinas e gaúchas no cardápio. As carnes estão lá sim, mas eu particularmente acho que o local se destaca mesmo pelos seus sanduíches, que são ótimos!

Gosto do lugar. É pequeno, com clima informal, mesas na rua e bancos altos junto ao balcão para quem preferir. Tem cara de bar, de botequim, o que sempre me atrai. Também acho a galera lá muito gente boa. Tudo isso me fez voltar e virar cliente.

Talvez seja o melhor Choripan de Sampa
O Choripan por dentro: ótima linguiça e molho chimichurri

Da parrilla saem cortes como o bom Ancho a Pasto Uruguayo (R$ 56,00) – vendido como um dos carros chefe da casa – que é realmente tenro e macio. Para quem curte embutidos, como eu, uma boa opção é a Linguiça Campeira (R$ 32,00), uma artesanal mista de carne bovina e suína.

Ancho a Pasto Uruguayo
O Matambre no pão: lanche bom demais!

Os pratos principais vêm com chimichurri e pão na parrilha e dão direito a um acompanhamento que pode ser salada verde, chips, salada de batatas ou ainda arroz carreteiro. A porção de chips crocante e a de salada de batatas são pedidas que provei e curti. O chimichurri de lá é imperdível.

O local efetivamente me ganhou, no entanto, pelos seus espetaculares sanduíches. Alguns, como o caso do clássico Chivito uruguaio, ou o Matambre argentino, são raros de se achar em outros lugares em Sampa. Não cheguei a experimentar o Chivito, nem o Milanesa Entre Dos Panes (que farei numa próxima passagem por lá).

Chips crocante de batatas
A salada de batata: boa pedida para acompanhar

Matambre (que reza a lenda tem origem no termo mata hambre) é um preparo típico de capa da costela bovina que é enrolada e recheada com ovo, queijo, pancetta, guanciale e legumes, para então ser assada por um período aproximado de 4 horas, o que torna a carne muito macia. Daí o preparo (que também pode ser apreciado no prato) é colocado no pão de cervejinha com cebola assada, pimentão (morrones) e chimichurri. Que negócio bom meu velho! Isso por 25 honestos reais.

Outro lanche que me apeguei foi o Choripan, que sem exagero, talvez seja o melhor de São Paulo (ao menos que tenha experimentado até hoje). Isso por conta da excelente linguiça artesanal utilizada, além do ótimo molho chimichurri (anos-luz superior a estes genéricos que se serve por aí). Também tem bom custo-benefício, vendido a justíssimas 17 pratas.

 O ambiente interno com bancos altos
A parte externa, que dá vista para a parrilla

Além da comida, o local  agrada aos cervejeiros com um cardápio enxuto, mas certeiro de cervejas, com oferta em diferentes faixas de preço. Da básica Heineken (R$ 8,00 a longneck), passando pela a boa uruguaia Patrícia até as artesanais do sul do Brasil como a Farrapos (curti tanto a IPA como a Pilsner).

Vale para quem:

É carnívoro

Gosta de carnes na parrilla

Adora sanduíches

Tá de saco cheio de hambúrguer e quer comer outros tipos de lanche

Quer um local para comer um sanduba bom e barato

É cervejeiro

El Pampero

Funcionam as segundas das 12h às 16h. Terça e quarta das 12h às 16h e das 19h às 22h. Quinta e sexta das 12h às 16h e das 19h às 22h30m. Sábado das 12h30m às 22h.

Contatos: (11) 3819-0208

Endereço: Rua Tucambira, 90 – Pinheiros. São Paulo / SP