Restaurante Mugui

Restaurante Mugui

De São Paulo:

Quem gosta dos japoneses clássicos de Sampa e de lugares escondidos como tesouros nas galerias da metrópole vai adorar o Mugui. O foco do local são os pratos quentes, como o Lamen, Udon, Soba, Yakissoba e Tempura.

Na hora do almoço o esquema é de refeição ligeira e dificilmente alguém fica por ali mais de meia hora. Por isso, mesmo quando está cheio a espera tende a ser pequena por um lugar.

Tempero japonês de pimenta chili

A maioria dos clientes se espremem nos bancos fixos, junto ao balcão de jeitão antigo e charmoso e que faz um ziguezague pelo salão (me lembra muito das casas de galeto do Centro do Rio de Janeiro).  Aquele balcão deveria ser tombado pelo patrimônio histórico-gastronômico paulistano de tão bonito.

Quem chega para almoçar pouco antes das 12h pode até conseguir descolar um lugar entre as mesas. Eu particularmente adoro sentar junto ao balcão, mesmo quando o local está mais vazio.

Bancos fixos junto ao balcão

Assim que se ajeita a bunda no banquinho, o pessoal da casa – sempre muito amável – já nos coloca um pequeno menu e um papel onde devemos anotar as nossas opções. Decidido, a comida é servida rapidamente.

Poder unir duas coisas deliciosas em uma escolha só é ótimo. Assim foi com o Tempura Lamen: uma tigela farta com macarrão lamen no caldo de molho curry, acompanhado de outro prato com tempura de camarão e legumes. Isso tudo por justas 40 pratas.

Os caldos de lá não chegam a estar entre os meus prediletos na cidade, mas cumbuca de massa do Mugui é bem servida e te dará muito conforto e felicidade. Além do Curry Lamen já tinha provado o Tempura Udon em outra ocasião e também gostei. 

Curry Lamen com tempura de camarão e legumes

Já o Tempura é surpreendente, com crocancia perfeita, fritura leve e ao mesmo tempo com muito sabor. Um dos melhores que já provei por aqui, sem dúvidas.

Além de tudo, eles não economizam no camarão. Junto com os legumes vieram dois imponentes crustáceos empanados os quais eu tive o enorme prazer de ir delicadamente molhando no caldo de curry.

Terminada a refeição é pegar o papel e pagar direto no caixa na saída, sem enrolar. Quem quiser curtir os pratos de lá com um pouco mais de calma, eu recomendo ir no horário noturno.

O balcão faz um ziguezague no salão

O prédio singelo de número 111 da Rua da Glória é como um pequeno centro comercial de restaurantes orientais. Além do Mugui, abriga outras cinco casas, como o também tradicional Sushi Isao.

O Mugui irá completar 30 anos em 2019 (abriu as portas em 1989) e pelo movimento diário de clientes fieis ainda durará muito tempo na Liberdade – para nossa sorte.

Vale para quem:

-gosta de lames e massas orientais

-curte os pratos quentes japoneses

-procura um local para uma refeição rápida e barata

-está sozinho ou no máximo em um grupo de quatro

-adora os restaurantes japoneses clássicos de Sampa

Restaurante Mugui

Funcionam as segundas das 11h30m às 14h30. Terça a Sábado das 11h30m às 14h30 e das 18h30m às 21h30m.

Rua da Glória, 111, 1º andar, sala 11 – Bairro da Liberdade. São Paulo / SP

Contatos: (11) 3106-8260

Para saber mais: restaurantemugui.com